devaneios online

posts recentes

Novo Código da Estrada ap...

Kit Assalto ?

Kiva, um ano

coisas...

Actividades sexuais!

CUIDADOS SEXUAIS PARA APO...

MusiCÃO ...

Bugs Bunny, pelo 'pai'

Arrumar a mala é fácil

Vinnie Jones ensina a sal...

mini boss

Ge Ni Al

...

A importância dos detalhe...

Angry football birds?

Publicidade criativa

Hmm.. medo de motoqueiros...

Garfield?

gatos (desta vez com água...

Silicone com fartura

Publicidade

subscrever feeds

arquivos

Julho 2013

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Domingo, 25 de Maio de 2008

OPS da EDP Renováveis

Confesso que estava algo céptico. Não estava muito confiante no sucesso da operação, quando a ouvi anunciar pela primeira vez. A conjuntura, o endividamento dos portugueses, tudo me parecia contribuir para que a operação não tivesse o sucesso que as anteriores operações da EDP tiveram.

 

Afinal a adesão foi em massa, com a procura a superar a oferta 22 vezes (a última vez que ouvi) o que revela que uma procura avassaladora.

Há 2 hipóteses. Ou está tudo enganado e ou então estou eu... Dado que eu não sou nenhum  perito nestas coisas, concluo pela segunda hipótese. E, sendo assim, juntei-me à molhada e também eu subscrevi acções da nova EDP Renováveis (EDPR?). Como já tenho algumas EDP em carteira, tenho pelo menos 60 garantidas.

No lote do público em geral, subscrevi o máximo... Devem-me calhar umas 100 :)

 

Bem, veremos como corre. À partida, e dado o seu sector de actividade, penso que poderá ter sucesso como empresa autónoma. Beneficia de uma "good will" implícita pois devido aos recentes aumentos do petróleo, há uma grande consciencialização para as energias "limpas" e renováveis. Pode ser uma boa aposta. Eu já subscrevi.

 

AR

sinto-me: expectante
publicado por AReis às 00:48
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De lusitano a 31 de Maio de 2008 às 19:26
- os mais “pobres” é que investiram em massa no IPO da EDP Renováveis. Espero que não tenham recorrido ao crédito bancário, senão era um caos. Mas, meu caro, não esteja tão surpreendido com o sucesso da aquisição das acções da EDP Renováveis.
No futuro, a alternativa ao petróleo não passa pelas renováveis mas sim pela energia nuclear - a manter-se o consumo!
Daqui a uns voltamos a falar acerca deste assunto, e espero que por bons motivos.
De AReis a 31 de Maio de 2008 às 21:29
O nuclear não me faz impressão de maior. E aliás do outro lado da fronteira já há centrais nucleares... Se houver azar comemos por tabela.
A mim o que me preocupa mais, é pensar no que seria feito dos resíduos... O nosso espírito do desenrasca e deixa andar ainda se voltava contra nós.

Quanto às renováveis, também houve forte procura pelos institucionais. A ver vamos quando começar a cotar...
Dedo no gatilho :)

AR
De lusitano a 1 de Junho de 2008 às 09:31
Houve uma tímida procura dos grandes investidores institucionais.
Vamos esperar para ver.

Comentar post

Publicidade

disclaimer
AReis
My Tech blog
Aquecedores a óleo
Arrendar Casa
Classificados grátis

pesquisar

 

tags

todas as tags

LibraryThing

Publicidade