devaneios online

posts recentes

Novo Código da Estrada ap...

Kit Assalto ?

Kiva, um ano

coisas...

Actividades sexuais!

CUIDADOS SEXUAIS PARA APO...

MusiCÃO ...

Bugs Bunny, pelo 'pai'

Arrumar a mala é fácil

Vinnie Jones ensina a sal...

mini boss

Ge Ni Al

...

A importância dos detalhe...

Angry football birds?

Publicidade criativa

Hmm.. medo de motoqueiros...

Garfield?

gatos (desta vez com água...

Silicone com fartura

Publicidade

subscrever feeds

arquivos

Julho 2013

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Terça-feira, 1 de Novembro de 2011

A importância dos detalhes

Um sujeito está numa entrevista para emprego. O psicólogo dirige-se ao candidato e diz:
- Vou fazer-lhe o teste final para a sua admissão.
- Perfeito! – diz o candidato.

 
O psicólogo pergunta:

- Você está numa estrada escura e vê ao longe dois faróis emparelhados a virem na sua direcção. 
O que acha que é?
- Um carro. – diz o candidato.
- Um carro é muito vago. Que tipo de carro? Um BMW, um Audi, um Volkswagen?
- Não dá para saber, não é?

 

- Hum… – diz o psicólogo, que continua – Vou fazer-lhe outra pergunta: 
Você está na mesma estrada escura e vê só um farol a vir na sua direcção. O que é?
- Uma mota – diz o candidato.
- Sim, mas que tipo de mota? Uma Yamaha, uma Honda, uma Suzuki?
- Sei lá, numa estrada escura, não dá para saber… (já meio nervoso)

 
- Hum…, diz o psicólogo. Aqui vai a última pergunta:
- Na mesma estrada escura você vê novamente um só farol, menor que o anterior, 
e você apercebe-se que vem mais lento. O que é?
- Uma bicicleta.
- Sim, mas que tipo de bicicleta? BTT, estrada, passeio…?

 
- Não sei.
- Lamento, mas reprovou no teste! – diz o psicólogo.

 
Aí o candidato dirige-se ao psicólogo e fala:
- Interessante esse teste. Posso fazer-lhe uma pergunta também?
- Claro que pode. Pergunte.
- Você está à noite numa rua iluminada.Vê uma mulher com maquilhagem carregada,
 vestidinho vermelho bem curto, a girar uma bolsinha… o que é?
- Ah! – diz o psicólogo – é uma puta.
- Sim, mas que puta? A sua irmã? A sua mulher? Ou a puta que o pariu?

tags:
publicado por AReis às 22:01
link do post | comentar | favorito
|

Publicidade

disclaimer
AReis
My Tech blog
Aquecedores a óleo
Arrendar Casa
Classificados grátis

pesquisar

 

tags

todas as tags

LibraryThing

Publicidade